DUAS MATÉRIAS PERTINENTES À ACADEMIA NA REVISTA CUMBUCA

Lançada no último dia 25 deste mês, quarta-feira, por seu editor, o jornalista Amaral Cavalcante, a edição de número 24 da revista CUMBUCA, publicação da SEGRASE traz duas importantes matérias pertinentes a Academia Itabaianense de Letras.
Às páginas 56 a 61, um artigo nosso sobre os 400 anos, completados no último 16 de julho da criação da Lenda da Prata de Itabaiana, com a prisão do neto de Diogo Álvares Correia, o Caramuru, de nome Melchior Dias Moreia e supostamente detentor de uma mina de prata, e cuja lenda se manteve forte por um século, vindo a desaparecer lentamente a partir do início do século XIX. O tema está obviamente ligado à Academia.

Em seguida, pra fechar com chave de ouro a publicação, a revista traz a excelente matéria sobre os 100 anos de nascimento do médico Dr. Renato Mazze Lucas por Clovis Barbosa. Dr. Mazze, ainda presente na memória dos mais antigos foi um profissional que atuou em Itabaiana por vários anos, e que deixou algumas realizações, entre as quais a tradição atual da cidade de boas equipes de futsal. Mas não somente isso: foi também contista e a partir daqui lançou dois livros de contos que ainda hoje são referência na literatura sergipana: Anu Preto e Anu Branco.

Não por acaso foi apontado pela presidente da Academia, Vladimir Souza Carvalho como patrono de um dos dois projetos literários permanentes, qual seja o Prêmio de Contos Renato Mazze Lucas (o outro é o de Poesia, que leva o nome do poeta José Jorge de Siqueira Filho), ainda não executado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: