Maria Neide Sobral

Maria Neide 2

CADEIRA 13

PATRONO: JOÃO FIRMINO CABRAL

Poeta, cordelista

Separador3-1sepia

Maria Neide Sobral nasceu no dia 11 de março de 1960, no povoado Terra Vermelha, município de Itabaiana, filha de Manuel Sobral e Glória Angélica Sobral, numa atípica família para época já que com apenas mais dois irmãos.
Com a mudança da família para a cidade, em 1966 foi matriculada no Colégio Dom Bosco, onde fez o curso Primário. Aprovada no exame de Admissão ao Ginásio, em 1972, fez Ginasial no Colégio Estadual Murilo Braga – 1973-1976 – e, terminado este, ingressou no curso Pedagógico em 1977, graduando-se em professora – antiga Normalista – em 1980, com especialização em Ciências e Matemática. Em 1980 fez vestibular para a Faculdade de Serviço Social da Universidade Federal de Sergipe, não obtendo êxito, repetindo-o em 1981, dessa vez para Pedagogia, com aprovação, e onde se graduou em 1984. Em 1996 graduou-se mestre pela Universidade Federal de Sergipe com a dissertação “Estado, Cultura e Escola: um estudo sobre as políticas públicas de alfabetização em Sergipe na década de 80”. Em 2004, retornou ao banco da escola, graduando-se Doutora em Educação, pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte, em 2007, defendendo a tese “Vitrine das letras: Discurso pedagógico e modernidade pedagógica em Sergipe/Brasil e Portugal, em 1910-1920”. Durante o período fez também o doutorado-sanduíche pela Universidade Aberta de Lisboa, em 2006, onde também concluiu o Pós-Doutorado em 2012.
Assim que obteve a graduação de professora no curso Normal do Colégio Estadual Murilo Braga, começou a trabalhar, então como professora substituta no município de São Miguel do Aleixo, e a seguir como professora estadual concursada, em 1984, tendo lecionado em vários colégios de Aracaju. Em 1985 foi requisitada para trabalhar como pedagoga no Juizado de Menores, onde ficou até 1989. Por concurso público, de 1990, tornou-se especialista da Rede Municipal de Ensino de Aracaju, no cargo de Orientadora Educacional no Colégio Presidente Prudente; e, a seguir, a pedido seu, na Escola de Primeiro Grau Alencar Cardoso. Já em fase de conclusão do mestrado, foi selecionada pela própria Universidade Federal de Sergipe e nela passou então a trabalhar como professora substituta, onde depois do doutorado foi efetivada e se encontra como docente e pesquisadora.
Como pesquisadora tem inúmeras publicações na área da Educação, destacando-se aqui os livros os que seguem na lista abaixo.
Tem também numerosas participações em capítulos de livros e artigos em diversos periódicos, em muitos deles na condição de coordenadora.

(VEJA MAIS nos endereços do SIGAA/LATTES, no cabeçalho desta página).

OBRAS (livros)
DA ACADÊMICA
– Vitrine das Letras: O Discurso Jornalístico e a Modernidade Pedagógica em Sergipe/Brasil e Portugal (1910-1920). (2012).
– José Augusto da Rocha Lima: uma biografia. (2010).
– Estado, cultura e escola: políticas de alfabetização em Sergipe. (2009).
– Flora Alves Ruiz . Educação a Distância, Livro I e Livro 2. (2007).
– História Oral da Vida Camponesa: Assentamentos de Reforma Agrária em Sergipe: Da Prática Social à Prática de Alfabetização. (2006).
– Contando nossa história: camponeses e a luta pela terra. 1. (2002).
– Fundamentos da Prática Pedagógica (Alfabetização) – Livro didático. (2000).

PELA ACADÊMICA ORGANIZADOS
– Memória e História: o Curso de Pedagogia de Sergipe, (FREITAS, A. G. B.). (2009).
– Conexões. 1. ed. Porto Alegre: REdes Editora,(MACHADO, G. José Couri), (2009).

Separador2-2sepia

POSSE (Coletiva): 05/06/2015

RECEPÇÃO SOLENE: 29/04/2016

SAUDAÇÃO: JOSÉ DE ALMEIDA BISPO

Separador5preto


 

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: